Logo LAAD 2017

Federação Sul Americana de Krav Maga promove cursos contra terrorismo

A incomparável experiência israelense no combate ao terror será compartilhada de forma teórica e prática com profissionais brasileiros do setor de segurança publica e privada.

Munique, Entebbe, Torres Gêmeas, explosões na França e na Bélgica. O que de fato significa um ataque terrorista? O que leva um grupo de radicais a darem suas vidas por uma causa? Quais são seus principais métodos? E, mais importante, o que se faz ou se deve fazer para evitar os atentados terroristas?

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos que serão sediados no Rio de Janeiro, a preocupação real com atos terroristas está em pauta no Brasil. Dessa forma, a Federação Sul Americana de Krav Maga, a única representante oficial da modalidade no Brasil, Peru e Argentina e detentora da marca Krav Maga no Brasil, promoverá cursos contra terrorismo, com base no incomparável conhecimento e experiência de Israel sobre o assunto.

Ministrados por especialista israelense com MBA em Segurança Nacional e Terrorismo, os cursos oferecem treinamentos teóricos e práticos, baseados no conhecimento israelense sobre o combate ao terror. As aulas vão abordar a origem e a evolução do terrorismo no mundo, as formas de prevenção e de combate em caso de ataques, sobre como lidar com ameaça armada, homens bombas, situações com reféns, entre outras.

Segundo o fundador da Federação Sul Americana de Krav Maga, o israelense Grão Mestre Kobi Lichtenstein (faixa-preta – 8º Dan, aluno direto do criador do Krav Maga, Imi Lichtenfeld), o intuito é preparar o profissional de segurança para lidar com todos os fatores que envolvem uma ameaça terrorista, o que se difere muito de outros tipos de crimes. “Além das técnicas de combate físico em situação de ameaça ou ataque, o profissional de segurança que vai lidar com terrorismo deve conhecer a linha de pensamento e a forma de agir de terroristas, perceber o que é suspeito e o que oferece riscos e saber como se comportar para garantir a segurança própria e de terceiros, principalmente no caso de eventos de grande porte como os que o Brasil irá sediar”, afirma Lichtenstein.

Os cursos, com carga de 30 horas, são divididos em duas partes. A primeira é teórica e conta a história da evolução do terror no mundo até os dias de hoje (bases, formas de financiamento, recrutamento, operação, Cyber Terror, etc), formas de combater o terrorismo, além de cases internacionais. A segunda parte é prática e mostra o que fazer para enfrentar esse tipo de situação: técnicas de neutralização e desarmamento, abordagem de homem bomba, controle de terrorista na multidão, resgate de reféns, entre outros.

Os cursos serão ministrados em datas a serem agendadas, a partir de contato dos interessados (agentes de segurança públicos ou privados). O contato é o (21) 2226-3807.


Sobre o Krav Maga – Criado na década de 40, o Krav Maga é a filosofia das forças de defesa de Israel, também adotado pelas principais unidades de elite de segurança do mundo. O Krav Maga conta com uma didática específica para corporações militares, com programação direcionada para cada tipo de missão. O treinamento expõe o aluno a situações da vida real, com soluções inteligentes e eficazes para cada tipo de exigência.

Já no caso da segurança privada (patrimonial e pessoal), o treinamento visa proporcionar o conhecimento necessário que torne o profissional capaz de contornar qualquer situação de agressão, com o máximo de segurança e descrição; resolvendo situações com rapidez e causando mínimo de dano. A atuação correta evita a possibilidade de pânico, preserva as instalações e imagem do estabelecimento ou do VIP a quem presta serviço e a imagem da empresa para quem trabalha.

Grão Mestre Kobi Lichtenstein iniciou a prática do Krav Maga aos três anos de idade com o criador desta modalidade, Imi Lichtenfeld, e foi o primeiro faixa-preta de Imi a sair do estado de Israel para difundir a modalidade pelo mundo. Grão Mestre Kobi é o introdutor do Krav Maga no Brasil, onde chegou em 1990 e se estabeleceu na cidade do Rio de Janeiro.

Foi aí que fundou e hoje dirige a Federação Sul Americana de Krav Maga. Ao longo destes 26 anos, a Federação vem realizando um trabalho extremamente sério e responsável e, ainda hoje, o método de prática e de ensino aplicado é o mesmo criado por Imi Lichtenfeld e utilizado em Israel.

Grão Mestre Kobi Lichtenstein conta com graduação faixa-preta 8º Dan, graduação e MBA em Segurança Nacional e Terror, é ex-combatente das Forças de defesa de Israel e já ministrou cursos para corporações militares e policiais de todos os níveis, desde a Guarda Municipal, BOPE, Forças Especiais do Exército Brasileiro e a Segurança Pessoal da Presidência da República.

Para saber mais, acesse: www.kravmaga.com.br
Siga-nos nas redes sociais: www.facebook.com/mestrekobikravmaga


Informações à imprensa:
Roberta Provatti
(11) 9 9652-4661
robertaprovatti@kravmaga.com.br